domingo, 12 de novembro de 2017

Música



Genesis Live - Genesis



Olhando o blog, reparei que não havia postado nada do Genesis, uma referência do rock progressivo dos anos 70, que permanece ao longo dos anos como grupo de alta qualidade com todos os integrantes com carreiras bem sucedidas em ações solo.
Escolhi este álbum de 1973, onde o grupo gravou em solo inglês, Leicester e Manchester.
Segue o disco:


Cinema



Operação Daybreak - Direção de Lewis Gilbert


Recém postamos o filme HHhH, que trata da vida de Heydrich, o número 3 do Nazismo que se tornou o comandante da República Tcheco-Eslováquia na invasão que começou em 1938. Na verdade, o Açougueiro de Praga como ficou conhecido pela sua crueldade, começa no ano seguinte. Pois bem, este Operação ... que no Brasil ganhou o nome de Alvorada Sangrenta, conta a história pelo lado dos tchecos, dos dois soldados que foram recrutados para executar Heydrich, Jan (Timothy Bottoms) e Joseph (Anthony Andrews), então temos a mesma história, apenas contada por "outro lado".
Dá para deduzir que ambas as obras foram fiéis aos fatos. Sem ser "remake" e uma distância de mais de 40 anos entre as produções, fica interessante fazer a comparação das situações que desenvolvem na tela.
Estão ainda no elenco: Martinh Shaw (Karel Curda), Nicola Pagett (Ana) e Anton Driffring como Reinhard Heydrich.
Produção de 1975, possui 118 minutos.
Não conseguimos o trailer.




domingo, 5 de novembro de 2017

Cinema



My Old Lady - Direção de Israel Horovitz



Um filme encantador, seja pela história, seja pelos atores, especialmente o trio principal: Kevin Kline (Mathias), Maggie Smith (Mathilde) e Chloé (Kristin Scott-Thomas) que seguram o filme baseado numa peça teatral.
O norte-americano Mathias chega a Paris feliz por ter herdado uma casa em um bairro valorizado, pretende "fazer dinheiro" com ela, já que está numa "naba" terrível.
Ao chegar ao local, descobre que uma senhora de 90 anos, Mathilde reside lá. Fora ela que vendera a casa para o pai de Mathias num sistema que a permite permanecer nela até a morte, além de receber 2400 euros mensais. Aí começa o drama do ex-alcoólatra Mathias, isto é, sair daquela situação e negociar o imóvel.
Na casa, quase sempre pernoita Chloé, a filha solteirona que também possui uma vida profissional instável.
Aos poucos, os três vão tomando conhecimento do passado de cada um e verão que suas vidas estão entrelaçadas definitivamente.
Dá para chamar de comédia-dramática.
Produzido em 2014, possui 107 minutos.
Segue o trailer:


sábado, 4 de novembro de 2017

Literatura


Dica de Leitura

Mandela - Meu prisioneiro, meu amigo - Christo Brand


Excelente obra que nos dá mais um pouco da história deste gigante do nosso tempo. Impossível não se emocionar com a trajetória de Nelson Mandela.
O autor da obra foi carcereiro e grande "cúmplice" de Madiba. Com auxílio da jornalista Barbara Jones, Brand conta os dias de Mandela na prisão na Ilha Robben, a sua resistência, o contato com outros prisioneiros políticos que mais tarde iriam fazer parte do primeiro governo negro da África do Sul. Vai além deste primeiro tempo, pois ele rodou por outras prisões.
Mas não é só a vida de Nelson Mandela que é retratada neste livro, mesmo que rapidamente, os demais líderes negros são apresentados numa leitura fácil e comovente. Alguns que ficaram no meio do caminho. Não viram o ex-prisioneiro famoso assumir a presidência de seu país.
A Editora é a Planeta, possui 271 páginas, lançado em 2014.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Galeria



Galeria


Laia Costa nasceu Laia Costa Bertrá no dia 18 de Fevereiro de 1985 em Barcelona, Espanha. Alguns de seus filmes são: Palmeiras na Neve (Palmeiras en la Nieve-2015), Victoria (Victoria-2015) e Neve Negra (Nieve Negra-2017).

domingo, 29 de outubro de 2017

Música



Younger Than Yesterday - The Byrds



Notei que nunca havia postado algo desta banda tão relevante para o rock'n'roll, especialmente dos anos 60. 
Composta por monstros sagrados da música mundial, casos de Roger McGuinn, Gene Clark, David Crosby, Chris Hillman e Michael Cralke, os Byrds, inicialmente, fundiram o som de Bob Dylan com a invasão inglesa, em especial, Beatles e se deram bem.
Este álbum da postagem completa 50 anos, 1967. É um clássico que ficou ofuscado pelo arrasa-quarteirão que foi Sgt. Peppers.
Neste momento, The Byrds virava um quarteto pela saída de Gene Clark.
Segue o disco:


Música



Equal Rights - Peter Tosh




Peter Tosh, cantor jamaicano falecido há 30 anos. Pertence a Santíssima Trindade do Reggae. Talvez seja menos conhecido do que Jimmy Cliff e Bob Marley, mas conseguiu um espaço relevante no som contagiante que veio do Caribe.
Escolhi este, porque ouvi esta semana, depois de um bom tempo escutando apenas o Mama Africa, o primeiro que comprei, lançado em 1983.
Equal Rights é de 1977.
Seguem faixas do disco, algumas capturada de shows: