quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Galeria



Galeria


Loni von Friedl nasceu Leontine Anna Maria Friedl Liebentreu em Viena, Áustria, dia 24 de Julho de 1943. Entre seus filmes estão: Crepúsculo das Águias (The Blue Max-1966), Odisseia para Além do Sol (Journey to Far Side of The Sun-1969) e Final Call (Final Call-1984).

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Música


We All Have a Star & Inherit The Wind - Wilton Felder



Mítico integrante do grupo The Crusaders, saxofonista e baixista, Felder nasceu em 1940 e faleceu aos 75 anos em Setembro de 2015. Entre os seus trabalhos individuais, destaco esses dois, um de 1978 e outro de 1980. Duas obras primas.













quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Música



Candleland - Ian McCulloch



Espetacular álbum do ex-vocalista do Echo and The Bunnymen, que só tomei conhecimento esta semana, apesar de ter sido lançado em 1989. Muito agradável da primeira até a última faixa.
Seguem algumas delas:











terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Cinema

Médicin de Campagne - Direção de Thomas Lilti


Muito bom filme, que vi no final de semana; não encontrei o título nacional para ele, acho que ficou o mesmo do original, algo como médico da zona rural ou periférica.
Jean Pierre (François Cluzot) é um médico que atende uma clientela específica há anos. Pois, num exame médico, ele recebe a informação que está com câncer; além de tratamento, ele necessita dar uma reduzida em ritmo de trabalho. Ambas atitudes o incomodam.
Seu médico resolve escalar uma companheira de profissão bem mais jovem e sem experiência na natureza de atendimento prestado por Jean Pierre. Trata-se de Nathalie (Marianne Denicourt), uma enfermeira, recém formada em Medicina.
Ela enfrentará o desdém de Jean Pierre e a rejeição da clientela que vê no antigo doutor, alguém insubstituível.
Com o tempo, a relação entre todos personagens da trama tomará um desfecho previsível, mas, ainda assim, agradável para o espectador.
Produção de 2016, possui 102 minutos.
Segue o trailer:


domingo, 8 de janeiro de 2017

Cinema



Um Brinde à Vida - Direção de Uwe Janson


Sensível obra alemã que inicia com o despejo da veterana artista, Ruth (Hannelore Elsner), uma cantora judia aposentada, que, além de perder o apartamento, terá também, as suas obras de arte penhoradas. Sobrou apenas um novo apartamento na zona periférica de Berlim.
Para ajudar  no trabalho, um ajudante eventual é contratado pelos responsáveis pela operação; trata-se de Jonas (Max Riemelt), um jovem que mora dentro do seu veículo, uma kombi velha.
Ruth não aceita a carona do caminhão de mudanças para a sua nova casa, escolhendo ir com Jonas na Kombi.
Após a realização da tarefa, Ruth pede a Jonas que faça a entrega de um instrumento musical para uma cliente, que está pago.
O jovem leva, mas para sua surpresa, ele recebe o valor e vai tentar entregar a Ruth. Chegando lá, nota um silêncio, a campainha toca várias vezes; ele resolve arrombar a porta, assim agindo, salva Ruth que tentara o suicídio, cortando os pulsos na banheira.
Ela é levada ao hospital; Jonas tem sua kombi roubada em frente ao hospital. Sem chances, ele resolve ocupar o novo apartamento de Ruth, onde descobre um filme pessoal, que revela o passado dela como cantora e um romance com alguém muito parecido com ele (Riemelt faz os dois papéis).
Jonas tem também, um segredo em sua vida, que envolve Emily (Aylin Tezel), que mora noutra cidade; sabe-se com o desenrolar da trama, que ela é a sua esposa abandonada.
Ruth e Jonas vão se ajudar mutuamente.
Destaque para a atriz Sharon Brauner, que faz a jovem cantora Ruth e Mathieu Carriére com um ex-nazista.
Produção de 2014, possui 86 minutos.
Segue o trailer:




sábado, 7 de janeiro de 2017

Literatura

Dica de Leitura


Vathek - William Beckford



Excelente obra escrita em 1786 pelo ricaço e perdulário William Beckford, aliás, sua vida daria uma bela obra literária, sua mãe descendia de Mary Stuart e teve como professor de música, Wolfgang Amadeus Mozart, mas o que ficou dele, efetivamente, foi esta obra "das Arábias", que inspirou Lord Byron, Poe e Mary Shelley, entre alguns confessos. Jorge Luiz Borges é o autor dos dois prólogos da edição que possuo (LP & M, 1997).
A história trata do Califa Vathek, que ambicioso resolve ter o conhecimento dos planetas e as riquezas do mundo. Ergue então, uma imensa torre e recebe a mensagem de que um mercador lhe encontrará e lhe fará alcançar seus desejos.
De fato, um homem extremamente feio e andrajoso se apresenta, lhe vende uma cimitarra (uma espécie de espada) com inscrições, que ninguém consegue traduzir.
Um velho de barbas brancas vem e consegue a tradução, mas, a cada dia uma nova mensagem substitui a anterior.
O velho faz um acordo para repetir a tarefa e Vathek concorda, o que resultará na sua ida ao purgatório, inclusive, negando os ensinamentos de Maomé. 
Vathek desce ao abismo em busca dos tesouros prometidos, porém, o preço cobrado é alto demais.
O meu exemplar possui 123 páginas.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Galeria

Galeria


Pier Angeli nasceu Anna Maria Pierangeli em Cagliari, Sardenha, Itália, no dia 19 de Junho de 1932. Faleceu em 10 de Setembro de 1971, Beverly Hills, Califórnia, EUA.
Alguns de seus filmes são: O Cálice Sagrado (The Silver Chalice-1954), Marcado pela Sarjeta (Somebody there likes up me-1956) e The Vintage (The Vintage-1957).